CCXP 2017: edição teve público recorde, mas sofreu com organização e cancelamentos

Entre os dias 7 e 10 de Dezembro de 2017, São Paulo foi palco do maior encontro de cultura nerd do Mundo. A Comic-Con Experience (CCXP) 2017 reuniu 227 mil pessoas, crescendo 30% em relação a 2016.

No quarto dia, 10 de dezembro, um dos grandes destaques foi Will Smith, com a premiere de Bright, uma produção original Netflix, e cantou até a música de Fresh Prince of Bel-Air, pra delírio das 3 mil pessoas que estavam no auditório principal. Acompanhado do ator Joel Edgerton e do diretor David Ayer (Corações de Ferro, Esquadrão Suicida), o ator revelou que a preparação para o filme incluiu um treinamento intenso com a polícia de Los Angeles, com direito ao acompanhamento de uma operação do FBI.

Durante seu painel, a Warner trouxe várias novidades. Tudo começou com Jogador Número 1, dirigido por Steven Spielberg, e de Tomb Raider, com a presença de Alicia Vikander. Saiba tudo aqui. A DC também surpreendeu os fãs com a presença dos seis quadrinistas brasileiros da editora e com novidades. Leia mais aqui

Mauricio de Sousa e sua equipe também contaram diversas novidades sobre o universo da Turma da Mônica. Nunca tínhamos visto tantas revelações sobre a editora. Teve novidades do filme em live-action, animações, graphic novels, web-séries e até anime. Saiba tudo que rolou aqui.

Porém, nem tudo são flores. A organização deixou a desejar nesta edição em relação a edição de 2016. Além disso, tivemos muitos cancelamentos de última hora, que foram substituídos por nomes de menor expressão. Leia sobre isso aqui.

A CCXP 2018 já tem data definida: de 6 a 9 de dezembro.

Fotos: Daniel Deak / Galpão de Imagens