Game Of Thrones – Final da 7ª Temporada

Tensão, muita tensão! Normalmente o último episódio de temporada não tem grandes batalhas, mesmo assim grandes cenas, diálogos e definições são reveladas! Mesmo após vazamentos, teorias e menos episódios nessa temporada, não foi diferente.

Começando pelo encontro das “rainhas” para que uma trégua seja feita e todos se reunirem para combater o inimigo em comum. Muita tensão e ótimas atuações, que nos faz pensar se realmente Cersei está certa ou não (um show de interpretação de Lena Headey!).

O encontro não sai bem como gostaríamos, mesmo Cersei vendo o morto-vivo em ação. Para a trégua, ela exige que Jon Snow, após a batalha contra o exército do Rei da Noite, se mantenha neutro para que as rainhas lutem entre si, mas a honra do Rei do Norte cuja a lealdade já estava com a Targaryen, não o deixou ficar em cima do muro, e dito isso a todos, Cersei desiste do acordo. Euron Greyjoy foge para a Ilha de Ferro ao saber que os morto-vivos não nadam. O clima entre Jon e Daenerys esquenta.

Somente Tyrion para tentar dialogar entre os lados, que aparentemente dá certo, após ele descobrir que Cersei está grávida.

Nesse meio tempo a cena se volta para Winterfell onde o clima entre Sansa e Arya continua esquentando e aqui temos um final que a muito todos esperavam em uma cena incrível em que Sansa traz Arya para ser julgada por assassinato e traição e quando pergunta dentro de uma sala muito bem guardada e selada, o que você tem a dizer sobre isso…. Lord Baelish.

Caiu a casa! Sem chance para o Mindinho, mesmo com bons argumentos dessa vez o bom enganador (e sua voz rouca só nos faz termos mais raiva dele) não consegue se safar e Arya o mata. Melhor cena do episódio! Grande reviravolta.

Bye bye Mindinho!

Jon perdoa Theon por seus erros do passado, e Theon vai ao resgate de Yara e uma ótima piada com o Greyjoy castrado. Aliás a conversa inicial entre Bronn e Jaime sobre os imaculados/castrados também é ótima.

Voltamos a Porto Real onde Cersei questiona Jaime, quando ele está reunido com soldados planejando a ajuda na guerra contra o mortos-vivos. Após mais um ótimo diálogo entre eles, Cersei diz para Jaime que ele desista disso, pois mentiu para todos e não irá ajudar na guerra no norte, é traição após traição. Jaime, que aos poucos vinha se redimindo, agora honrando sua palavra aos então inimigos, deixa Cersei e deixa Porto Real. 

Irmãos, amantes, traidores!

Corte final para Winterfell onde Sam Tarly chega e reencontra Bran que lhe conta a então origem de Jon Snow, ele é Aegon Targaryen, sobrinho de Daenerys e legítimo herdeiro do Trono de Ferro. Enquanto Bran narra isso, no barco rumo a Winterfell Jon bate a porta de Daenerys e para o pavor das “novinhas”, finalmente eles transam.

Ainda no norte, as irmãs Stark agora apesar das diferenças se entendem e Bran vislumbra o terror que se aproxima com a queda da Muralha pelo Rei da Noite e seu dragão de gelo.

Algumas indefinições para irmos teorizando até 2018:

-Varys! Alguém dê um fim nele, meio sumido nessa temporada, ainda não convenceu como conselheiro de Daenerys.

-Euron Greyjoy, vai atrás de ouro e soldados em Essos com o Banco de Ferro.

-Melisandre, o que está aprontando??

-Theon conseguirá resgatar Yara?

-Queremos o acerto de contas entre os irmãos Clegane.

-Tyrion não curtiu muito o encontro de Jon e Daenerys, e agora?

-Thormund e Beric faleceram na queda da Muralha?

O que mais queremos? Que você comente o que falta para concluir a incrível saga iniciada nos livros! Deixe abaixo sua opinião! É isso gente amiga, até 2018! Valar Morghulis!

Veredito da Vigília

Éderson Nunes

@elnunes