Estreia da semana: Animais Fantásticos e Onde Habitam

Novembro está sendo um mês especial para os Potterheads. Depois de tantos anos esperando novidades, no início do mês tivemos o lançamento do livro Harry Potter e a Criança Amaldiçoada e agora acompanhamos a estreia de Animais Fantásticos e Onde Habitam. Nossas dúvidas sobre o filme eram muitas, temos que confessar. Mas já avisamos: o filme supera (e muito) as expectativas.

Animais Fantásticos teve seu roteiro escrito por J.K. Rowling, se passa 70 anos antes da jornada de Harry Potter e sua turma e conta as aventuras de Newt Scamander (Eddie Redmayne – A Teoria de tudo), um velho conhecido nosso, pelo menos por nome. Ele já esteve dentro do próprio universo de Potter, já que seu livro didático sobre 75 espécies de criaturas mágicas de cinco continentes era utilizado na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Scamander inclusive tem uma ligação forte com Hogwarts, já que o estudioso foi expulso da escola por ser um entusiasta dos animais fantásticos e acabou colocando a vida de outra pessoa em perigo.

Entre os cinco continentes catalogados, o filme se passa na América do Norte (seria a deixa para os outros quatro filmes prometidos da série?). Conhecemos a Nova York de 1926, suas roupas e objetos de época (um ponto para os figurinos, cortes de cabelos e cenários totalmente ambientados). Nas primeiras cenas já podemos ver uma catástrofe: alguns animais fogem da mala do estudioso e se espalham pela cidade. Isso significa muita magia espalhada pelo mundo dos trouxas, nesse caso, chamados de não-majs.

Newt Scamander não se vira sozinho nessa caçada. Juntam-se à ele Tina (Katherine Waterston), uma funcionária do Congresso Mágico dos Estados Unidos da América (MACUSA – o equivalente ao Ministério da Magia), a irmã de Tina, Queenie (Alison Sudol), que possui o dom da legilimência (o poder de ler mentes) e o não-maj Jacob (Dan Fogler), que aparentemente estava no lugar errado na hora errada, mas tem papel importante na trama. Os animais fantásticos são um capítulo à parte: eles encantam! Prendem a nossa atenção cada vez que aparecem e roubam a cena.

2016-11-16-vigilia-nerd-animais-fantasticos_1
Pequenas criaturinhas que fizeram toda a diferença nesse filme!

O texto, roteirizado pela autora de toda a saga, é repleto de encontros e desencontros. Mas dessa vez temos um filme um pouco mais sombrio, com cenas aterrorizantes. As aventuras do mundo bruxo, nesta nova saga, são mais adultas. E quem acha que vai encontrar a mesma história já contada se engana. O enredo desse filme é uma história à parte, que não vimos antes. Porém revisitamos os filmes e livros que já conhecemos. Temos feitiços, palavras e objetos que já estão dentro do nosso imaginário. Quem também merece destaque é o diretor David Yates, que já dirigiu outros quatro filmes da saga e trabalhou muito bem os animais fantásticos dentro de todo o universo de época.

Como já havíamos previsto, essa foi uma excelente pontinha do iceberg para a expansão do mundo mágico. A Vigília indica: se puder, vá assistir no IMAX. A experiência com certeza ficará ainda mais envolvente. E sobre a polêmica da participação do Johnny Depp e mais dos animais fantásticos? Contaremos no texto COM SPOILERS. Aguarde, porque a Vigília não para!

Veredito da Vigília